Substituindo a Carne | JÉSSICA OLIVEIRA

postado em: LIFESTYLE | 0

Faz alguns meses que comecei a excluir a “carne” da minha alimentação e ultimamente com essa mudança cada vez mais certa comecei a pesquisar mais sobre os alimentos que contém proteína e assim substituir essa “falta” que pudesse vir a fazer, (da proteína no caso).

Falando nisso já postei sobre a spirulina AQUI e postei uma receita deliciosa de hambúrguer de lentilha AQUI, que vale a pena conferir.

Já conheci algumas pessoas vegetarianas e veganas doentes, com anemia, indisposição, fadiga entre outros e digo uma coisa, ser vegetariano ou vegan não é sinônimo de “deficiência” de nutrientes, vitaminas, proteínas ou o que quer que seja.
O que eu vejo é que muitas vezes as pessoas são desinformadas.

IMG_4483
Fonte: elle.com

 

Então este post é para que você conheça alguns alimentos ricos em proteína.

1. QUINOA – já falei sobre este alimento AQUI.

2. ERVILHA

3. BRÓCOLIS

4. LENTILHAS

5. CASTANHA DE CAJU

6. SEMENTES DE GIRASSOL

7. GRÃO DE BICO

8. FEIJÃO BRANCO

9. AMARANTO

10. AMÊNDOAS

E qual a importância das proteínas?

As proteínas são macromoléculas constituídas por pequenas moléculas de aminoácido. A construção e manutenção dos órgãos e tecidos do nosso corpo, formação de enzimas hormônios e anticorpos, é possível pelo fornecimento do “material” que a proteína oferece.

Sendo assim, a proteína é muito importante para o nosso organismo.

Bom, fica a dica e espero ter tirado algumas dúvidas 😉

Atenção: como qualquer outro alimento não deve ser consumida em excesso.

Consulte o seu médico e veja o consumo médio que você deverá consumir diariamente.

PROBIÓTICOS – o que são?

postado em: SAÚDE | 0

10 trilhões, é mais ou menos o número que uma pessoa normal tem de bactérias. Já imaginou? É muito mais do que o número de células do nosso corpo.

Probióticos são microorganismos (bactérias e fungos benéficos para a nossa saúde). Claro, que não são todas as bactérias ou fungos, pois alguns podem provocar algumas doenças.

Então para entender melhor:

Este microorganismos vivos promovem o equilíbrio em seu organismo, já que são beneficiais a saúde do seu hospedeiro.

image
A presença de probióticos no organismo podem atribuir benefícios que têm base científica para fundamentá-los, como:

  • melhorar o quadro de reações alérgicas;
  • regulação dos distúrbios intestinais;
  • prevenir infecções por micro organismos patogênicos;
  • diminui a absorção de toxinas;
  • reequilíbrio da flora intestinal;
  • bem estar;

Alguns estudos apontam que esses microorganismos podem ser utilizados em terapia e que populações que se alimentam com alimentos fermentados vivem mais.

Terapia com probióticos: Link

“A terapia com probióticos consiste na suplementação de bactérias vivas, de forma a aumentar a sua quantidade no lúmen do trato gastrointestinal. Podem ser usadas bactérias que normalmente habitam o intestino humano, ou outras espécies que tenham demonstrado determinadas vantagens para o hospedeiro. Esta terapêutica pode ser utilizada em casos de disbiose, de forma a repor o equilíbrio da flora intestinal, ou com um objetivo específico, através da utilização de uma ou algumas determinadas estirpes bacterianas que possuam efeitos precisos no organismo humano, existindo atualmente inúmeros estudos publicados”.

Alguns alimentos são ricos em probióticos, por exemplo: iogurtes naturais; leites fermentados, kefir (vou fazer um post só dele) e chucrutes.

Eu particularmente adorava tomar Yakult quando pequena e hoje é o leite fermentado que incluo na minha alimentação para promover o equilíbrio do meu organismo.

Se você se interessou, consulte o seu médico e veja a melhor opção para você.

Gordura do BEM!

postado em: SAÚDE | 0

Talvez você saiba tudo sobre gordura, talvez não. E este post é para desmistificar esse vilão… Bonzinho 😉

Muitos que me conhecem sabem que não, eu não sou nutricionista. Porém, tenho muitos amigos da área, marido estudante de medicina e euzinha estudo muiiiiito. Aliás, de uns tempos para cá o que mais faço é estudar sobre “que seu remédio seja seu alimento, e que seu alimento seja o seu remédio” (HIPÓCRATES).

E esse blog é justamente para compartilhar o que eu aprendo e o que funciona para mim. Lembrando, você deve sempre procurar um profissional.

Bom, vamos ao assunto.

Você sabia que a gordura é essencial para o nosso corpo e é um nutriente nobre em nosso organismo?

A gordura do bem é responsável por ajudar na produção de hormônios e no transporte de vitaminas no sangue. Além disso, fornecem ácidos graxos essenciais, que são fonte de energia, estimulam o metabolismo e mantém os níveis do colesterol bom (HDL) e baixam o colesterol “ruim” (LDL).

image

Resumindo:

As gorduras boas podem ser encontradas nas oleaginosas, frutos do mar e peixes, abacate, sementes, olhos vegetais, azeite de oliva e os dois queridinhos, ovos e coco. E são divididas como monoinsaturadas (promovem melhora nos níveis de colesterol, saciam a fome e são ricas em minerais como zinco e magnésio) e poliinsaturadas (são antiinflamatórias e atuam na promoção dos bons níveis de triglicerídeos e prevenção de doenças do coração).

image

Curiosidades: estudos apontam que não pode passar dos 30% de tudo o que você come por dia.

As gorduras são divididas em três grupos: insaturadas (gordura do bem que estamos abordando neste post), as saturadas e trans (gorduras que colaboram para o aumento dos lipídios nocivos, aumenta o LDL (colesterol “ruim), aumentam o risco de doenças cardiovasculares, ganho de peso, etc) mais estas vamos deixar para um outro post onde falaremos mais sobre. 😉

Manteiga GHEE – o que é e como fazer.

postado em: RECEITAS | 0

Alguns amigos me perguntam a diferença da manteiga que utilizamos em nossas receitas.

Para quem nunca ouviu falar, manteiga ghee ou clarificada é o óleo purificado da manteiga tradicional.

Como assim?

A manteiga é preparada através do aquecimento (toda água é evaporada) e quando coado a gordura do leite é completamente removida, elimando todas as toxinas de gordura (mas ainda é um alimento rico em gordura).
Em sua preparação podemos ver que o que “sobra” é um óleo dourado.

Como fazer?

Coloque a manteiga (sem sal, pode ser aquela que você compra nos mercados) em uma panela e leve ao fogo médio. Assim que começar a ferver, derreterá. Observe que formará uma espuma depois ela ira baixar e em seguida irá formar a segunda espuma. Retire do fogo e aguarde alguns minutos.

Você irá reparar que formou alguns cristais no fundo (é a lactose que foi eliminada).

image

Deixe esfriar. Em seguida, coe e coloque em um vidro. Deixe no freezer por alguns bons minutos e depois retire.

Voilá, esta pronta para usar.

Dica: armazene fora da geladeira.

Esse conhecimento é antigo e muito usado na cultura indiana (primeira vez que tive contato foi quando morei nos Estados Unidos e alguns conhecidos indianos me falaram sobre), e também utilizada pela medicina Ayurveda.

Curiosidades: é indicada para pessoas com alergias, como a intolerância a lactose.

MINDSET – o que é?

postado em: LIFESTYLE | 0

Nestas últimas semanas estive estudando bastante sobre como preparar a minha mente ou como configura-la. Este é um assunto que abordo mais no meu estilo de vida e rotina, e como tem funcionado para mim resolvi compartilhar com vocês.

A minha vontade desde o início do blog sempre foi em compartilhar ideias de um estilo de vida mais saudável, de uma vida mais leve, dar dicas e pensamentos positivos.
E com esse objetivo venho compartilhar com vocês este assunto super interessante.

E o que é MINDSET?

Mindset ao pé da letra é Mente Configurada ou Configuração da Mente. O modo como você vê o mundo e como você alimenta o seu software (mente).

O nível intelectual, valores e crenças criam uma linha de raciocínio da vida de cada pessoa e é importante entender que você pode restaurar a sua mente e criar grandes possibilidades.

image

Exemplo: você pode criar uma realidade que quer ser um milionário e então começa a viver a partir dela. Ou de repente você quer ser magro, você começa a pensar e agir como uma pessoa magra e então depois de perder peso isto te ajudará a manter-se magro.

Uma frase legal que escutei estes dias é: “Você não precisar ter para ser. Você pode ser e depois ter.”

Claro que isso vai depender da quantidade de energia que você coloca naquilo que quer. É sair da zona de conforto e conquistar os seus objetivos.

Resumindo, o MINDSET molda a nossa forma de pensar, nossa mentalidade. Mas vale lembrar que tanto para o sucesso quanto para o fracasso.

image

Eai vamos começar a configurar a nossa mente para o que realmente queremos?
Fica o desafio. 😉

Vinagre de MAÇÃ – Benefícios

postado em: SAÚDE | 0

Hoje vou contar um pouco do que aprendi desse super alimento.

Quem me acompanha no snap com certeza já viu o principal uso do vinagre de maçã em casa: higienizar os vegetais.

Essa é uma dica que eu aprendi desde muito pequena, aquela dica de vó que passa para mãe e que passa para a filha. 😉

Então bora ao que interessa.

O vinagre de maçã é rico em minerais, como potássio, fósforo, cálcio, magnésio e cobre, vitaminas A, B1, B2, B6, C e E, bioflavonóides e pectina.
Seu teor de ácido acético, ajuda o seu corpo a absorver minerais essencias dos alimentos que ingerimos.

O estudioso grego Hipócrates, que nasceu em 460 a.C., já exaltava as qualidades da substância em seus escritos.

Benefícios: 

– elimina os agrotóxicos e bactérias dos alimentos;
– ação fortalecedora do sistema imunológico
– poderoso antioxidante;
– controla o equilíbrio do pH do sangue;
– trata refluxo gástrico;
– possui propriedades antibióticas;
– antiinflamatório;
– diminui os níveis de glicose;
– controle da pressão arterial;

Você sabia?

Muitas vezes um alimento que aparenta estar em bom estado, esta contaminado por bactérias e agrotóxicos, podendo trazer prejuízos a saúde?!.

Dica para higienizar frutas e vegetais:

Em um balde/bacia limpo, coloque os alimentos. Em seguida adicione 02 litros de água, adicione 20ml de vinagre de maça e deixe de molho por 01 hora. Despeje a água e passe mais uma vez em água limpa. Pronto, agora é só consumir. 😉

IMPORTANTE:

Opte sempre pelo vinagre de maçã natural orgânico. Ele é elaborado a partir do suco de maçãs orgânicas, 100% natural, sem álcool e sem conservantes.

SPIRULINA – spi what?

postado em: SAÚDE | 1

Você já ouviu falar? Conhece os benefícios? Sabe de onde vem?

Curiosidades:

Este super alimento é rico em proteínas e nutrientes e possui uma infinidade de benefícios para a nossa saúde.

Spirulina é uma alga verde-azulada pertencente a classe das cianobactéria (aham, uma bactéria do bem), é encontrada em água doce e morna e quando colhida adequadamente de lagos não contaminados, é um dos superalimentos mais fantásticos da atualidade. Para ser consumida pode ser encontrada com facilidade em pílulas, tabletes ou em pó.

É considerada um dos alimentos mais ricos em proteína do planeta (completa, pois possui os 9 aminoácidos necessários para o ser humano), superando inclusive diversos alimentos como a soja e a carne.

Essa bactéria é carregada de betacaroteno e ácido ascórbico, o que a transforma em um poderoso antioxidante (que elimina os radicais livres) e possui elevado conteúdo em proteínas de alto valor biológico (é formada de 53% a 62% apenas por proteína) sendo uma alternativa às proteínas de origem animal.

Ela também serve para tratamentos estéticos, já que retêm a elasticidade e tonicidade da pele por mais tempo. Alguns resultados já mostraram que ela é até capaz de reduzir as marcas de expressão do rosto.

Possui vitamina A, vitamina E, vitamina B2, B1 e B6, potássio, ácido fólico, cálcio, zinco, vitamina B12, magnésio, manganês, selênio, fósforo e ferro.

image

Seus benefícios:

– aumenta a sensação de saciedade;

– reduz os níveis do LDL aumentando o HDL;

– melhora o sistema imune, pois possui ação anti-inflamatória;

– evita o desenvolvimento de qualquer tipo de anemia;

– diminui os picos de insulina no sangue;

– ajuda na prevenção de alguns tipos de câncer;

– diminui as cólicas da menstruação;

– ajuda a combater a herpes, a gripe e o HIV (estudos comprovam);

– agente antibióticos e antimicrobianos;

– pode ajudar a reduzir a resistência à insulina;

– contribui na prevenção da osteoporose;

– cérebro funcionando com magnésio;

OU SEJA?

Um super alimento, que vai te ajudar a ser um super homem ou uma super mulher 😉😊 ou pelo menos saudável. ~risos~

Dicas:

Pode ser consumida in natura, sucos, vitaminas, smoothies ou mesmo como suplemento, como é usualmente consumida.

Para os vegetarianos: é uma ótima maneira de se abastecer de proteína sem precisar ingerir carne.

Não deve ser utilizada no período de gravidez, lactação e nem por crianças.

Importante consultar um médico ou nutricionista para que as doses não ultrapassem o recomendado e para não sofrer efeitos colaterais.

Hambúrguer Vegano – sem glúten

postado em: RECEITAS | 0

Atendendo a pedidos de alguns leitores e amigos, segue post da receita maravilhosa do hambúrguer vegano de lentilha que mostrei o passo a passo lá no snapchat 👻

O bacana desta receita é que dá para adaptar o hambúrguer substituindo a lentilha por grão de bico ou ervilha que fica delicioso também 😋😋

image

Anota ai:

Ingredientes:

  • 01 pacote de lentilha (sem conservantes e corantes)
  • 01 cebola grande
  • 01 xícara tempero verde (salsinha, cebolinha e coentro)
  • 1/2 xícara de farinha de arroz
  • Sal marinho ou sal rosa
  • 01 colher cheia de alho picado
  • Pimenta (opcional)

Modo de Preparo:

Cozinhe a lentilha, deixe escorrer e espere secar.

Dica: recomendo deixar a lentilha de molho antes de cozinhar (pode ser de um dia para o outro), em seguida cozinhe ela na pressão por apenas 10 minutos.

Corte a cebola em cubinhos e o tempero verde. Em um bowl misture aos poucos com a mão (Sim, só lavar 😜) todos os ingredientes até formar uma massa firme e fofinha.

Com uma colher de sopa cheia da massa pronta faça bolinhas e depois finalize em formato de hambúrguer.

Por fim, em uma forma coloque um pedaço de papel manteiga para separar as fileiras. Refrigere por 01 hora para que o hambúrguer fique na medida e voilá.

Você pode optar por assar ou fritar o hambúrguer. Para fritar a dica é utilizar o óleo de coco.

Bom Apetite!

 

Bolo de CENOURA – sem glúten e sem lactose

postado em: RECEITAS | 0

Creio eu que todo mundo nessa vida já comeu um bolo de cenoura com cobertura de chocolate, né?!

Quando criança era o meu bolo favorito. 😍😍

image

Então hoje resolvi subir esse post porque tenho muitos amigos que rejeitam a ideia de uma vida mais saudável por dizer que não tem como comer coisas gostosas ou acreditam que nunca mais vão comer aquele bolo com lembrança da infância.

Eis que para tudo existe uma luz no fim do túnel ~risos~.

Bora aproveitar a vida de maneira saudável e deliciosa? Então anota ai:

Ingredientes:

  • 02 cenouras grandes;
  • 04 colheres de sopa de óleo de coco;
  • 03 ovos;
  • 01 xícara de açúcar demerara;
  • 01 xícara de farinha de arroz;
  • 1/2 xícara de farinha de amêndoas, amaranto ou grão de bico;
  • 02 colheres de sopa de farinha de linhaça;
  • 01 colher de sopa de fermento;
  • 100ml de leite de coco;

Modo de fazer:

No liquidificador bata os ovos, o óleo de coco e a cenoura ralada. Em seguida, acrescente o açúcar demerara e as farinhas e bata novamente. Acrescente o leite de coco aos poucos. Por fim acrescente o fermento apenas misturando com umas espátula.

Asse por 30-40 no forno a 180 graus ou até que o palito/faca saia limpo.

Uma dica para preparar a ganache é esperar 10 minutos antes do bolo ficar pronto.

Ingredientes:

  • 200g de chocolate sem lactose;
  • 100 ml de leite de coco;
  • 02 colheres de sopa de biomassa de banana verde;

Modo de fazer:

Derreta o chocolate em banho-maria. Em seguida: acrescente a biomassa e o leite de coco. Mexa bem.

Desenforme o bolo em uma travessa de sua preferência, adicione a ganache e VOILÁ. Aproveite 😉

Receita maravilhosa via: blog – lactosenao

SAL ROSA do Himalaia

postado em: SAÚDE | 0

Quem me conhece ou me acompanha em alguma mídia, já me ouviu falar sobre os benefícios do sal rosa.
Então para quem tem alguma dúvida ou ainda não conhece, leia este post até o final 😉

image

O cristal de sal que vem diretamente do Himalaia tem essa cor rosada por conta do índice elevado de minerais (mais de 80 tipos).
É considerado o sal mais puro que existe e livre de toxinas e poluentes.

Seu teor de cloreto de sódio é muito semelhante ao do sal marinho, por isso, é muito importante consumir com moderação.

Benefícios para a sua saúde:

  • purificar o sangue;
  • regular a produção de óleo pela pele;
  • devido sua alta concentração de magnésio, ajuda a prevenir cãibras;
  • fortalecer os músculos e o sistema imunológico;
  • ajuda a eliminar as toxinas do corpo;
  • age como anti-histamínico natural;
  • melhorar o humor;
  • regular a pressão arterial;
  • fortalecer a saúde do sistema digestivo;

image

E porque devemos substituir o sal branco refinado que estamos acostumados?

No processamento do sal de cozinha (esse branco que a maioria usa) é retirado os seus minerais sobrando apenas dois: o sódio e cloreto. Logo após, é branqueado, limpo com produtos químicos e aquecido à temperaturas extremamente altas.
Sendo assim o resultado é apenas um: um produto sem minerais, quase sempre sintético e de difícil absorção para o nosso organismo.

Por isso a importância de repensarmos o sal da nossa cozinha. 😉

Na cozinha:

Você pode utiliza-lo tanto inteiro ou moído, durante o cozimento da comida.

No banho:

Tem quem use o sal inteiro (em pedras) no banho para imersão. É utilizado em banheira.
Ideal para relaxar e tonificar a pele, ajuda também a eliminar toxinas.

1 2 3 4 5 7