Minha vida sem GLÚTEN

postado em: LIFESTYLE | 0

Ultimamente esse assunto tem sido polêmico e é engraçado como as pessoas reagem quando eu conto que não consumo mais Glúten. SIM, porque eu consumi a vida toda e depois de estudar e conhecer sobre os malefícios que traz a saúde resolvi dizer NÃO.

Como digo que nada é do dia para a noite, acho necessário estudar e estudar para então tirar a conclusão do que realmente é bom ou não.

Separei alguns tantos textos para falar sobre o assunto e como o blog há de ter vida longa (assim espero 😊), falarei desse assunto mais vezes.

Sem glúten

Segue um post do Dr. Barakat, rápido, curto e bem explicativo:

O glúten, quando ingerido, chega ao intestino estimulando a produção de anticorpos, principalmente as imunoglobulinas, que se atrofiam e deixam de desempenhar a função de captação dos macro e micronutrientes. Ou seja, os que não foram absorvidos são eliminados junto com as fezes, e o organismo fica privado de nutrientes básicos, tornando a pessoa desnutrida com o tempo. Está vendo como é coisa séria?! O nosso corpo tem aproximadamente um trilhão de células humanas na nossa composição corporal, e mais de cem trilhões de bactérias. Estima-se que tenhamos de um a um quilo e meio de peso em bactérias no nosso organismo, portanto seria imprudente não levar em consideração a atividade metabólica que elas exercem em nosso corpo e metabolismo. O nosso intestino, depois do cérebro, é o que recebe maior número de terminações nervosas; assim sendo, tratar seu intestino é cuidar de sua microbiota intestinal e fundamental para obter e manter sua saúde na sua plenitude máxima! Há inúmeros relatos que contam como a exclusão de glúten na dieta pode beneficiar as pessoas, desinchando o corpo e tornando a atividade metabólica mais rápida e o corpo com maior energia.

mais no blog: http://drbarakat.com.br/gluten/

—–

Pois bem, eu comecei excluindo o glúten com o desafio do Dr. Barakat #Desafio30DiasDrBarakat (que também inclui a exclusão da lactose mas, esse fica para um outro post rs) e desde então completei 6 meses em busca de um estilo de vida mais saúdavel.

Assim, posso afirmar que eu disse Adeus a enxaqueca, inchaço intestinal e ganho de peso, tirando outras diversas doenças autoimunes que estou prevenindo.

E eu sei bem do que estou falando pois ainda quando tenho recaídas, confesso (bem difícil), é incrível como logo após já sinto a diferença.

O assunto é loooongo e sei que muitas dúvidas ficam no ar mas, nada que um pouquinho de curiosidade em pesquisar não ajude 😉

Eu escolhi ser saúdavel e você?

 

 

 

Seguir jessicaoliv:

Últimos Posts de

Deixe uma resposta