Chorera, clolela, chrolera – ops, CHLORELLA

postado em: SAÚDE | 0

Pra quem me segue lá no snap – oliv_jessica ou instastories – jessoliv, já me ouviu falar e tomar muito a spirulina e a chlorella. Tem post aqui no blog contanto tudo sobre a spirulina CLIQUE AQUI.

Hoje vim contar para vocês sobre essa outra alga que apareceu nos últimos meses e muita gente já adquiriu.
A gente sabe sobre a “moda”, o produto da vez y e z, e não me espantaria que você dissesse – ahhh lá vai Maria com as outras (do ditado, Maria vai com as outras).

Pois bem, antes do “BUMMMM” desses dois produtos queridinhos, já estava eu tomando aquele negócio verde musgo com um gosto não muito gostoso ~ risos.

Meu marido (acredito que todo mundo neste ponto já o conhece) um pesquisador nato, estudioso e curioso sempre vai adicionando e trazendo para casa novidades de alimentos que realmente fazem a diferença, nos tornamos vegetarianos há pouco mais de 4 meses e excluímos o glúten e a lactose há mais de 01 ano, para que tenhamos todos os nutrientes, vitaminas, minerais e proteínas que o nosso corpo precisa para ser saudável.

Muitos já conhecem, outros conhecem pouco e outros não o conhecem. Então lhes apresento a CHLORELLA:

A chlorella é uma alga que contém pigmentos verdes e que através da fotossíntese se multiplica rapidamente requerendo só dióxido de carbono, água, luz solar, e pequenas quantidades de minerais, para reproduzir-se.

O bioquímico alemão Otto Heinrich Warburg recebeu o Prêmio Nobel em Fisiologia e Medicina em 1931 por seu estudo da fotossíntese na Chlorella.

No início de 1900, compreendendo que a Chlorella consiste em 60% de proteínas e multiplica-se muito depressa, cientistas de várias nações, especialmente da Alemanha, começaram a se interessar pela idéia de utilizar a Chlorella como alimento.

Em 1950, pesquisadores do Instituto Carnegie invadiram o estudo e perceberam que a Chlorella podia crescer em escala comercial e ser a solução para a fome no mundo. (Interessante não? Apenas com essa ideia já consideramos um super alimento, imagina ser a solução de algo que parece estar tão distante).

A chlorella contém uma surpreendente variedade de vitaminas, minerais e outros nutrientes. Além de eliminar metais pesados como por exemplo: mercúrio, cádmio ou chumbo, (ela absorve os metais tóxicos, eliminando do nosso corpo) é fonte de proteínas, aminoácidos (possui 18, incluindo os oito essenciais) enzimas polissacarídeos e clorofila.

Muitos estudos comprovam seus benefícios:

  • Forte impulsionador do sistema imune;
  • Combate a várias infecções;
  • Importantes enzimas digestivas, freqüentemente utilizadas em tratamentos de câncer;
  • Melhora o sistema imunológico;
  • É rica em ácidos nucléicos – bons para o crescimento e antienvelhecimento;
  • Moustrou-se na pesquisa japonesa, que essa alga promove o crescimento nas crianças e fortalece seus tecidos por conter o Fator Chlorella de Crescimento (FCC);
  • Aumenta a produção de macrófagos e de linfócitos T;
  • Agente desintoxicante;

Possui tantas propriedades importantes, que não é de se admirar seu uso como suplemento alimentar.

Curiosidade: é utilizada pelos astronautas da NASA em suas viagens espaciais.

*consulte o seu médico e saiba mais.

Seguir jessicaoliv:

Últimos Posts de

Deixe uma resposta